Carta de Concessão INSS 2022: O que é, Consulta, Como Pedir

A Carta de Concessão 2022 é um importante documento concedido pelo INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) aos trabalhadores que contribuem regularmente com a Previdência.

Como se sabe, o INSS é o órgão ligado diretamente ao Governo Federal, e responsável pela administração de todos os benefícios previdenciários como, por exemplo, a aposentadoria, a pensão por morte, o salário-maternidade 2022 e o auxílio-doença.

E é através da Carta de Concessão que o cidadão toma ciência sobre os seus direitos e detalhes importantes acerca dos benefícios previdenciários. Como o tema é pouco comentado, mesmo na internet, resolvi escrever este artigo para esclarecer as principais dúvidas que cidadãos como você possa ter. Então, sinta-se o meu convidado neste post!

Carta de Concessão
Carta de Concessão

O que é Carta de Concessão

Se, por exemplo, o seu beneficio é a aposentadoria 2022, a Carta será composta pelos seguintes dados, a saber:

  • Endereço do local de recebimento
  • Valor inicial do beneficio
  • Período e/ou data que o mesmo será disponibilizado
  • Renda mensal.

Além desses detalhes importantes, a Carta de Concessão é um documento que serve para solicitar junto ao INSS a correção de qualquer erro encontrado no cálculo e, dessa forma, permite que você possa realizar o pedido de revisão do beneficio.

A título de curiosidade, os segurados que receberam o benefício em um prazo inferior a 20 dias deverá aguardar o recebimento da carta de concessão em sua própria residência, a qual será enviada.

Carta de Concessão INSS

A Carta de Concessão é enviada pelo INSS diretamente no endereço residencial do beneficiário, cujo prazo médio é de aproximadamente 30 dias, embora possa demorar um pouco, caso haja uma grande demanda de pedidos realizados por outras pessoas.

Por outro lado, a Carta de Concessão é mais uma excelente alternativa de comunicação que permite orientar o cidadão e lhe oferecer todo o auxílio necessário, uma vez que tanto o comunicado em si como o próprio atendimento realizado pela Central (através do número 135) é realizado de forma simples, gratuita e o mais importante: sem a necessidade de terceiros.

Caso precise solucionar alguma dúvida, poderá ligar diretamente na Central de Atendimento (135) e conversar com um atendente. Vale lembrar que o serviço é disponibilizado nos seguintes dias e horários, a saber: de segunda a sábado, das 7h às 22h (conforme o horário de Brasília).

Como pedir a Carta de Concessão

Para solicitar a sua Carta de Concessão é só realizar o seguinte procedimento: Acesse o portal “Meu INSS” através deste link (meu.inss.gov.br) e, em seguida, procure na lateral esquerda do menu a opção “Carta de Concessão” e depois digite a sua senha.

Se ainda não possui uma, é só cria-la em “Cadastrar senha” e logo após ligar para o número 135 ou, se preferir, ir diretamente a um posto de atendimento do INSS para validar o seu código.

Outra forma de solicitar a sua Carta é acessar o “velho sistema da Previdência” e agilizar todo o procedimento por meio deste link (dataprev.gov.br). Aqui, será necessário informar o número do seu beneficio, a sua data de nascimento completa, o nome do beneficiário completo e respectivo número do CPF.

Feito isso, digite o código de segurança apresentado na tela do seu dispositivo e, depois, clique em “Visualizar”. Pronto, o seu pedido foi validado!

Situação do beneficio

Existem algumas palavras que são empregadas na comunicação do INSS com os cidadãos que precisam ser conhecidas. Tratam-se de 3, as quais possuem os seguintes significados:

  • Habilitado: Indica que o seu beneficio está sendo analisado pelo INSS, bem como a verificação de documentação e demais detalhamentos essenciais;
  • Concedido: Indica que a Previdência Social concedeu o seu pedido e logo você receberá a carta que permitirá a efetuação do saque;
  • Indeferido: Indica que o seu pedido não foi concedido pela Previdência devido a algum problema, motivo ou mesmo erro de dados ou informações prestadas.

Assim fica mais fácil acompanhar a sua situação. Você já tinha conhecimento disso? Opine nos comentários abaixo.